Rússia sofre fortes canções nos esportes

A guerra entre Rússia e Ucrânia está transpassando o limite territorial e chega até os esportes. Depois da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) tirar de seu calendário o GP da Rússia, que cancelou seu contrato que iria até 2025, pede para pilotos e equipes russas que corram com bandeira neutra, para continuarem na  competição. Essa determinação também se estendeu para pilotos e equipes bielorrussas, aliados do governo russo. Já o Reino Unido que sedia uma etapa do automobilismo (F1 em Silvertone em julho), não permitirá que pilotos dos dois países, como Nikita Mazepin, piloto da Haas, e Robert Schwartzman (ex-Fórmula 2 e atual piloto de testes da Ferrari), e Alexander Smolya da MP Motorsport disputem o circuito. Mais: a Fifa também baniu a equipe russa das eliminatórias da Copa.

 

 JOÃO ALBERTO

Veja também:

Elirio Dambros fala sobre prós e contras do uso de fraldas descartáveis

Que as fraldas descartáveis vieram para facilitar a vida dos pais, disso ninguém tem dúvida. No entanto, ainda se investiga os impactos causados pelo seu uso na saúde...

Olhar empático: executivo do mercado cripto investe pesado em incentivo ao esporte no país

Clélio Cabral é gerente da gestora de criptoativos Braiscompany e segue os passos do CEO da empresa, Antonio Neto Ais que também é destaque...

Reclusa após abandonar a TV, Ana Paula Arósio ressurge com novo visual

Atriz decidiu deixar a carreira há cerca de 12 anos, quando desistiu de protagonizar uma novela da TV Globo em horário nobre Longe dos holofotes...

Recentes