Presidente do PSG despista sobre futuro de Neymar: ‘Alguns virão e outros sairão’

O futuro de Neymar é sempre rodeado de rumores e esta semana não foi diferente. A entrevista do presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al-Khelaifi, ao diário espanhol Marca, tratou de alimentar ainda mais os boatos sobre uma possível saída do craque brasileiro do clube francês. “Não podemos falar sobre esses assuntos na mídia. Alguns jogadores vão vir e outros sairão, mas são negociações privadas”, disse Khelaifi, nesta terça-feira.

No final de maio, Neymar já havia confirmado que continuaria no PSG na próxima temporada e cumpriria seu contrato, que foi renovado no ano passado até 2025. Ele teve a sua temporada menos impactante no time parisiense, com 13 gols em 28 partidas. Ao lado de Lionel Messi e Kylian Mbappé, a equipe da capital retomou o título do Campeonato Francês na última temporada, mas foi eliminada pelo Real Madrid nas oitavas de final da Liga dos Campeões.

Khelaifi também deu sua versão sobre a proposta do PSG para estender o contrato de Mbappé em meio à forte investida do Real Madrid em sua contratação. O presidente do clube francês afirmou que o jogador não está envolvido nas decisões esportivas.

“Tenho um grande respeito pelo Real Madrid como clube, mas Kylian nunca decidiu renovar por dinheiro, essa é a primeira coisa. A proposta do Madrid foi melhor que a nossa. Ele é nosso jogador e teve outros clubes na Inglaterra além do Real Madrid, mas escolheu o PSG e não conversamos com ele ou sua família sobre dinheiro até o último momento. Também quero deixar claro que Mbappé nunca esteve envolvido em decisões esportivas, nem como treinador, nem como jogador, nem nada”, disse.

As mudanças no PSG

No último mês, o PSG começou a colocar em curso uma série de transformações significativas nos bastidores, com a confirmação da aguardada permanência de Kylian Mbappé. O diretor esportivo Leonardo, bastante criticado por torcedores, saiu para a chegada de Luís Campos. O português tem boa relação com Mbappé desde os tempos de Mônaco, onde realizou trabalho elogiado por descobrir talentos longe dos principais holofotes do mercado de transferências.

“Luís Campos tem um objetivo claro, diferente, com outros objetivos no mercado. Jogadores jovens, com talento e uma mentalidade vencedora, dispostos a morrer por esse escudo. Queremos ser mais fortes coletivamente. O clube será o mais importante”, contou Khelaifi.

Enquanto o técnico Mauricio Pochettino segue no comando, seus dias já estão contados. O nome de Zinedine Zidane já foi descartado. Além de sua forte relação com o Olympique de Marselha, principal rival do PSG, o treinador mira a vaga de Didier Deschamps na seleção francesa após a disputa da Copa do Mundo do Catar. O francês Christophe Galtier, campeão com o Lille na temporada retrasada, e que está no Nice, é o favorito para assumir o novo desafio.

O PSG já foi bastante criticado por não ter um projeto esportivo sólido e claro, com sucessivas trocas de comando técnico, alternando entre treinadores de perfis distintos. Diferentemente de outras temporadas, o clube parisiense parece dar sinais de que vai alterar suas estruturas internas para uma nova abordagem esportiva. O objetivo de conquistar a tão sonhada Liga dos Campeões segue ainda como sonho.

Veja também:

Viih Tube anuncia que está grávida de seu primeiro filho

A influenciadora digital e ex-BBB Viih Tube usou as redes sociais para anunciar para seus fãs e seguidores que está grávida de seu primeiro filho. O...

Juliana Paiva encerra contrato com a Globo após 13 anos

Após 13 anos, o casamento entre Juliana Paiva e a TV Globo chegou ao fim. A não renovação de contrato de exclusividade foi revelada...

A nova Coca-Cola

A Coca-Cola lança pela primeira vez um produto em parceria com um artista, Marshmello, indicado Grammy. A Coca sem açúcar tem uma fusão dos...

Recentes