Pastor é preso suspeito de matar casal em João Pessoa

A Polícia Civil confirmou que prendeu um pastor evangélico suspeito de matar Josenildo Hermínio Lopes, de 48 anos, e Rangeli Gomes, de 46 anos. O crime aconteceu na manhã do último dia 6, em uma área de canavial, em Santa Rita, na Grande João Pessoa.

De acordo com os investigadores, o pastor estava utilizando os cartões de crédito de uma das vítimas, além de um carro que pertencia a elas, fatores que ajudaram na identificação.

Após a prisão, o suspeito foi levado para a Delegacia de Homicídios em João Pessoa, onde ficou detido na carceragem, aguardando a audiência de custódia.

Entenda o caso

Há duas semanas, populares encontraram os corpos das vítimas em um canavial. Pessoas que passaram pelo local, ouviram pelo menos cinco tiros por volta das 8h30.

A mulher sofreu um disparo na cabeça e o homem na região frontal. A delegada Flávia Assad, que estava à frente da investigação, informou que o crime tinha características de execução. No entanto, essa hipótese foi descartada.

Veja também:

O nome de Lula para o Ministério da Educação

Lula teria uma novidade para a Educação, que pretende tornar uma das Pastas mais prestigiada de seu governo, se ganhar. Para o cargo seria...

O Brasil pode garantir o troféu na quinta-feira com um empate

Os jogos estão sendo realizados nos estádios Maktoum Bin Rashid Al Maktoum e Al Nasr.   A Dubai Cup Seniors está entregando o que prometeu, uma...

Ludmila Dayer é diagnosticada com esclerose múltipla

Ludmila Dayer, de 39 anos, revelou ter recebido o diagnóstico de esclerose múltipla. A atriz contou sobre a doença em uma live, na última...

Recentes