Pastor acusado de aplicar golpe de 10 milhões está foragido

Um pastor é acusado de aplicar um golpe imobiliário no estado de Santa Catarina. De acordo com as investigações, o prejuízo pode chegar a R$ 10 milhões.

O acusado é Nilton Weber, que também se apresentava como corretor de imóveis. Em 2019, o pastor abriu uma igreja para passar mais credibilidade.

Segundo informações, Weber procurava dar o golpe em pessoas mais idosas e vulneráveis, e na maioria das vezes, o modus operandi era o mesmo, convencendo as pessoas a permutar seu terreno em troca de um geminado.

Os terrenos eram passados para o nome de Nilton, que começava a construir os geminados, mas nunca terminava e nem passava a escritura para o nome da pessoa que entregou o terreno, até simplesmente fugir.

“Ia enrolando as vítimas com lábia. Ele exercia muita persuasão. Até rezar ao lado da cama da vítima (já doente) ele rezava”, contou o filho de uma das vítimas.

Nilton Weber foi indiciado por estelionato pela Polícia Civil de Joinville. No Tribunal de Justiça, há 64 processos contra ele.

Em 2017, o pastor se aventurou como cantor gospel e chegou a lançar um clipe. Ele está foragido da Justiça de Santa Catarina até o momento.

Veja também:

AUXÍLIO BRASIL: governo pretende pagar o valor de R$ 600 em breve

A PEC (proposta de emenda a Constituição) titulada de Kamikaze determina que o valor suba de R$ 400 para R$600 por tempo limitado e,...

André Marques se despede da Globo: “Amor de quase 30 anos”

André Marques deixou a Globo após mais de 28 anos na emissora. O ator e apresentador se despediu da emissora neste sábado (2/7) durante o programa É...

Homem é preso em flagrante após esfaquear outro na Asa Sul durante briga

Um homem foi preso pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) após tentar matar outro na Asa Sul. De acordo com a PMDF, os dois envolvidos vivem...

Recentes