Ministros que perderem a eleição podem voltar caso Bolsonaro seja reeeleito

O presidente Jair Bolsonaro está confiante que será reeleito. E mandou avisar seus ministros que tentarão algum cargo eletivo, como Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), João Roma (Cidadania), Onyx Lorenzoni (Trabalho), Tereza Cristina (Agricultura), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), Gilson Machado (Turismo)Marcelo Queiroga (Saúde), Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), e Walter Braga (Defesa), que se não forem eleitos para o cargo pretendido, poderão ser convocados para seu futuro ministério, caso queiram. Não se sabe se todos os ministros terão este privilégio.

Veja também:

Klara Castanho revela gravidez e adoção de bebê após sofrer estupro

Alertamos sobre o conteúdo desta matéria. Pessoas sensíveis devem evitar a leitura. A atriz Klara Castanho, de 21 anos, usou seu Instagram para revelar que foi...

Acusada de expôr Klara Castanho, Antonia Fontenelle se pronuncia

Antonia Fontelle rebateu as críticas que vem recebendo na web desde a exposição do caso da atriz Klara Castanho. Na ocasião, a apresentadora citou o caso de uma atriz...

Branco Mello volta aos palcos após tratamento contra o câncer

Branco Mello, de 60 anos de idade, baixista e vocalista do Titãs, está de volta aos palcos após o tratamento contra o câncer. A...

Recentes