MEC quer aplicar punição ao aluno que tirar notas baixas na prova do ENADE

Ministro Abraham Weintraub acredita que alunos não deveriam se formar ao acertarem somente 10% das questões.

O ministério da educação estuda criar formas de punir os alunos que tirarem notas extremamente abaixo da média no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE). Abraham Weintraub, ministro da Educação, apresentou a sugestão nesta sexta-feira (04).

“O aluno faz a prova como se não houvesse amanhã”, diz o ministro ao falar sobre as notas das provas de cursos como Ciência Sociais, Ciências Humanas e os tecnólogos de Gestão e Negócios, Produção Cultural e Design. Ele liga os pontos de que a falta de bom desempenho vem do fato de que não há instigação nos alunos para realizarem a prova.

“Uma pessoa que faz a prova e acerta 10% das questões não deveria se formar”, declarou.

Embora a participação do exame seja obrigatória, o desempenho não muda a vida acadêmica dos alunos. Com isso, muitos entregam as provas em branco ou com respostas aleatórias.

A ideia é criar incentivos para que a porcentagem mude e gere resultados positivos.

Alexandre Lopes, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), analisa incluir a divulgação da faixa de notas dos alunos na próxima edição. Porém, isso só será possível para alunos que tirarem entre 60% e 80% de acerto. Para os que tirarem acima de 80%, que servisse de incentivo, principalmente quando fossem se introduzir no mercado de trabalho.

“Nada será feito a fórceps”, diz Weintraub, ao falar sobre os mecanismos. As ideias ainda precisam ser discutidas com especialistas. Algumas delas, entretanto, poderão ser aplicadas imediatamente, de acordo com fala do presidente do Inep. O objetivo é melhorar as notas das avaliações até o final do ano.

Veja também:

O nome de Lula para o Ministério da Educação

Lula teria uma novidade para a Educação, que pretende tornar uma das Pastas mais prestigiada de seu governo, se ganhar. Para o cargo seria...

O Brasil pode garantir o troféu na quinta-feira com um empate

Os jogos estão sendo realizados nos estádios Maktoum Bin Rashid Al Maktoum e Al Nasr.   A Dubai Cup Seniors está entregando o que prometeu, uma...

Ludmila Dayer é diagnosticada com esclerose múltipla

Ludmila Dayer, de 39 anos, revelou ter recebido o diagnóstico de esclerose múltipla. A atriz contou sobre a doença em uma live, na última...

Recentes