Março é o auge do período chuvoso no Maranhão, diz meteorologista

Hallan Cerqueira, da Universidade Estadual do Maranhão, disse que está mantido o alerta sobre as fortes chuvas no Maranhão.

Rua próxima a Lagoa da Jansen ficou alagada nessa segunda-feira (9) — Foto: Redes Sociais
Rua próxima a Lagoa da Jansen ficou alagada nessa segunda-feira (9) — Foto: Redes Sociais

Como adiantado pelo G1 em janeiro, o período de chuvas segue em vigência no Maranhão. Após as fortes pancadas registradas nessa segunda-feira (9), especialistas mantém o alerta e atenção às chuvas em Maranhão nesta terça-feira (10).

Segundo Hallan Cerqueira, do Núcleo de Meteorologia da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), a chuva vista nessa segunda, ainda que com impactos na cidade, é normal neste período do ano. “Março é caracterizado pela chuva no Estado todo. Nós estamos no auge do período chuvoso no Estado. São esperadas chuvas de volume abundante”, disse o meteorologista.

“Atingimos metade do esperado para o ano”, afirmou. No total, era previsto 2.000 mm de chuva. Entre janeiro e março, já tivemos um volume de 1.000 mm. Apenas para este mês de março está previsto um volume de 400 mm”, completou.

Chuva forte causa estragos em bairros em São Luís
Chuva forte causa estragos em bairros em São Luís

Início antecipado

Segundo o Laboratório de Meteorologia (Labmet), do Núcleo Geoambiental da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), o período chuvoso começou em janeiro. Historicamente, a previsão era de que começasse em fevereiro, mas os especialistas alertam que o clima mudou antes do previsto.

Até na região sul do Maranhão, onde as temperaturas costumam ser mais altas, as chuvas começaram a ser registradas desde o primeiro dia do ano. A previsão dos meteorologistas é de que o período de chuvas siga até o mês de julho. Neste mês de janeiro, a média climatológica é de 244 milímetros (mm) na Região Metropolitana de São Luís.

2019 chuvoso

A previsão de recorde de chuvas em 2020 supera as expectativas anteriores, ainda mais porque o ano de 2019 já teve mais volume de chuvas do que o historicamente registrado. Segundo o Núcleo Geoambiental, apenas em São Luís, as chuvas de janeiro do ano passado superaram em 62% a quantidade prevista. Era esperado de 244,2 milímetros, como tem sido esperado para janeiro de 2020 também, mas o primeiro mês do ano passado registrou 393,4 milímetros. Janeiro de 2018 registrou 332,7 milímetros nos 31 dias.

Veja também:

O nome de Lula para o Ministério da Educação

Lula teria uma novidade para a Educação, que pretende tornar uma das Pastas mais prestigiada de seu governo, se ganhar. Para o cargo seria...

O Brasil pode garantir o troféu na quinta-feira com um empate

Os jogos estão sendo realizados nos estádios Maktoum Bin Rashid Al Maktoum e Al Nasr.   A Dubai Cup Seniors está entregando o que prometeu, uma...

Ludmila Dayer é diagnosticada com esclerose múltipla

Ludmila Dayer, de 39 anos, revelou ter recebido o diagnóstico de esclerose múltipla. A atriz contou sobre a doença em uma live, na última...

Recentes