Lula defende piadas de nordestinos e critica o politicamente correto

Ao defender a pluralidade de vozes, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou, nesta terça-feira (26/4), o chamado “politicamente correto”. O termo se refere ao uso de narrativas consideradas estereotipadas ou que podem representar uma forma de discriminação.

“Nós não queremos um mundo unipolar, em que só pode estar na mesa um pensamento, uma tese. Não. Nós queremos um mundo multipolar, que tenha 500 pessoas discutindo na mesa. Aí sim a gente vai ter um mundo feliz. O cara contando piada de nordestino e eu rindo. Eu contando piada de outras pessoas, e as pessoas rindo”, disse o petista, em entrevista coletiva a youtubers e mídia independente.

Está proibido contar piada no mundo, está chato pra cacete. O mundo está pesado. Sabe, todas as piadas agora viraram politicamente erradas. Então, não tem mais graça. Se você quer dar risada, é nesses programas de humorismo chato para cacete de televisão”, disparou ele. “Me parece que depois que Chico Anysio morreu, desapareceram os humoristas no Brasil”, prosseguiu.

Veja também:

Simaria aparece de surpresa em show de Simone e emociona a irmã

Pouco mais de um mês após anunciarem oficialmente a separação da dupla, Simone e Simaria voltaram a subir no palco juntas no último sábado...

Aos 50 anos, Luiza Ambiel recria famosa foto na banheira

Nesta segunda-feira (26), Luiza Ambiel pegou os fãs de surpresa. A morena recriou a famosa foto da banheira do Gugu, em que ela aparece usando um...

Deputados que desistiram

Dos 598 deputados federais que atuaram na atual legislatura, 49 não vão disputar nenhum cargo na eleição de outubro. Incluindo nomes de destaque como...

Recentes