Conselho independente informa que não houve corrupção e nem desvios de dinheiro na Renova

A divulgação realizada previamente sobre o Conselho de Administração da Companhia que constituiu em março de 2018, um Comitê de Monitoramento (“Comitê”) por membros do Conselho Fiscal para conquistar uma realização de investigação independente (“Investigação Interna”) que acabou se concentrando nos fatos conduzidas pela Polícia Civil de Belo Horizonte (“Investigação Mineira”), e mais pra frente possibilitou ser ampliada para abranger os fatos investigados na Operação “E o Vento Levou”.

Como foi realizada a apuração interna que foi feita nesta data, não foi possível identificar as provas concretas de atos de corrupção ou de desvios para diferentes campanhas políticas.

No entanto, os investigadores começaram a notar erros na condução de tantos negócio e efetivação de contratos realizados pela companhia entre os anos de 2014 e 2018. Com isso, os pagamentos indicaram uma contraprestação de serviços no montante global de aproximadamente R$ 40 milhões. Esses pagamentos foram realizados em desconformidade com as políticas internas da empresa com um valor aproximado de R$ 137 milhões e algumas falhas nos comandos internos da Companhia.

Como resposta aos erros encontrados e com a base nas referências do Comitê e de assessores Jurídicos que foram contratados pela própria companhia. O conselho da administração da companhia dispôs, neste dia, tomar todos os atos necessário para conseguir conservar os direitos da companhia e continuar aplicando as medidas necessárias, sempre analisando a obtenção do ressarcimento de muitos danos causados pelo fato da Companhia reforçar os controles internos da própria empresa.

A Diretoria da Companhia se encontra em agrupamento com uma empresa especializada em recrutamento e em processo de uma possível contratação de um Diretor de Governança. Risco e conformidade poderão se tornar responsável dentre outros privilégios, por assegurar os controles internos e a coincidência processual da Companhia ser usada numa tentativa de atos ilícitos ou servir para a realização de desvios de dinheiro. Porém, o principal que a Companhia sempre deixou esclarecido foi a hora de priorizar a aderência a leis, regulamentações e referências.

Sendo assim, todas as atitudes completam a administração e suas atitudes, até porque são todas consolidadas para a exibição de governança, fortalecendo o acordo da Companhia com investigações de maneiras governamentais.

Ressaltando que a Investigação Interna não tem como foco avaliar diferentes impactos das irregularidades que foram encontradas em todas as exibições financeiras individuais que foram consolidadas da Companhia, a diretoria executiva em conjunto com todos os assessores especializados, efetuará esse estudo com suporte nas evidências encontradas pelos investigadores independentes.

Observando que a Corporação poderá ser impactada na contabilidade e serão apresentados nas demonstrações financeiras da Companhia e com isso, serão divulgados aos acionistas em todo o mercado.

A Companhia está sempre disposta a ajudar no que for preciso junto aos trabalhos das autoridades governamentais. Se ocorrer de ser ajuizada a ação criminal em face de agentes que lesaram a Companhia, a Renova terá a finalidade de auxiliar na acusação de processos criminais que mais pra frente poderá requerer a reparação civil por diversas irregularidades sofridas. A Companhia foi criada em 2001 por Ricardo Delneri e Renato Amaral, a Renova Energia é pioneira em gerar energia eólica no Brasil.

Portanto, é fundamental observar que a Companhia tem a informação de que todos os inquéritos policiais da Operação “E o Vento Levou” e da Investigação Mineira ainda não foram concluídos. Por isso que as novas informações relevantes são reveladas apenas no futuro.

Vale ressaltar que a importância de que a Companhia completa o compromisso de manter todos os acionistas e o mercado em geral devida e esclarecido nos termos da legislação cabível, por isso que a área de relações com investidores está a disposição para prestar todos os esclarecimentos que fizerem necessários através do telefone: (+55 11) 3509-1143 e do canal [email protected].

Marcelo José Milliet Diretor Presidente e Relações com Investidores.

Veja também:

O nome de Lula para o Ministério da Educação

Lula teria uma novidade para a Educação, que pretende tornar uma das Pastas mais prestigiada de seu governo, se ganhar. Para o cargo seria...

O Brasil pode garantir o troféu na quinta-feira com um empate

Os jogos estão sendo realizados nos estádios Maktoum Bin Rashid Al Maktoum e Al Nasr.   A Dubai Cup Seniors está entregando o que prometeu, uma...

Ludmila Dayer é diagnosticada com esclerose múltipla

Ludmila Dayer, de 39 anos, revelou ter recebido o diagnóstico de esclerose múltipla. A atriz contou sobre a doença em uma live, na última...

Recentes