Brasil estreia na Copa América Feminina com goleada sobre a Argentina

Em busca do oitavo título da Copa América de Futebol Feminino, a seleção brasileira iniciou sua jornada no torneio com uma vitória por 4 a 0 sobre a Argentina, na noite de sábado (9/7), em partida realizada no estádio Centenário de Armênia, na Colômbia. Adriana (2), Bia Zaneratto e Debinha anotaram os gols da partida.

O jogo começou com domínio das comandadas de Pia Sundhage, que pressionaram a Argentina em seu campo defensivo. As primeiras chances brasileiras na partida surgiram de escanteios: quatro nos primeiros seis minutos de jogo. As bolas fechadas alçadas na área chegaram a levar pouco perigo para o gol Vanina Correa, que viu sua defesa rebater as tentativas.

O Brasil seguiu pressionando e aos 19 minutos, Fê Palermo cruzou na cabeça de Bia Zaneratto, que mandou para fora. A resposta argentina veio em cobrança de falta de Florencia Bonsegundo, que forçou Lorena a fazer boa defesa. Após a primeira chegada da Argentina, o Brasil abriu o placar em bela jogada.Bia Zaneratto acionou Tamires com liberdade na esquerda, que cruzou na medida para Adriana abrir o placar.

Aos 35 minutos da primeira etapa, Bia Zaneratto foi derrubada na área anotando pênalti para o Brasil. Ela mesmo bateu no canto esquerdo de Correa, que acertou o canto, mas não conseguiu segurar a cobrança forte da atacante do Palmeiras. Após sofrer o segundo gol, a Argentina esboçou reação com um belo chute de fora da área de Nuñez, que levou perigo ao gol de Lorena. Porém, a finalização de fora da área acertou o travessão e foi para fora. O primeiro tempo foi encerrado com domínio da seleção brasileira, que finalizou quatro vezes, contra dois arremates da seleção argentina.

A segunda etapa começou sem nenhuma alteração para as duas equipes. Assim como no primeiro tempo, a seleção brasileira começou pressionando a Argentina. Aos sete minutos, veio a primeira chance do Brasil, no cruzamento rasteiro de Tamires para Bia Zaneratto, que foi cortado pela zaga argentina.

Na sequência, Kerolin fez boa jogada para se desvencilhar da marcação e cruzou para Bia Zaneratto que bateu cruzado no gol argentino. Apesar da tentativa, a bola saiu para fora. Em seguida, Zaneratto ganhou disputa de bola com a zaga rival e encontrou Adriana, que por sua vez teve frieza para driblar Vanina Correa e marcar o terceiro gol brasileiro na noite.

Com a partida mais controlada após o terceiro gol, Pia Sundhage começou a rodar o elenco brasileiro e promoveu uma série de substituições. Giovana deu lugar a Duda Santos. Logo depois, Fê Palermo, Tainara e Ary Borges deram lugar a Letícia Santos, Antônia e Duda Sampaio. Nos minutos finais da partida, Debinha recebeu um ótimo lançamento de Duda Sampaio, venceu a corrida contra a marcação argentina, driblou a goleira e anotou o último gol da vitória brasileira na estreia da Copa América de Futebol Feminino.

Com o triunfo, a seleção brasileira saltou para a liderança do Grupo B, com três pontos e um saldo positivo de quatro gols. A Venezuela, que bateu o Uruguai por 1 a 0 neste sábado, ocupa a segunda colocação. O próximo compromisso brasileiro na competição está marcado para a próxima terça-feira, às 18h, frente ao Uruguai.

Resultados

Sexta-Feira (8/7)
Bolívia 1 x 6 Equador
Colômbia 4 x 2 Paraguai

Sábado (9/7)
Venezuela 1 x 0 Uruguai

Veja também:

Viih Tube anuncia que está grávida de seu primeiro filho

A influenciadora digital e ex-BBB Viih Tube usou as redes sociais para anunciar para seus fãs e seguidores que está grávida de seu primeiro filho. O...

Juliana Paiva encerra contrato com a Globo após 13 anos

Após 13 anos, o casamento entre Juliana Paiva e a TV Globo chegou ao fim. A não renovação de contrato de exclusividade foi revelada...

A nova Coca-Cola

A Coca-Cola lança pela primeira vez um produto em parceria com um artista, Marshmello, indicado Grammy. A Coca sem açúcar tem uma fusão dos...

Recentes