Bolsonaro exalta morte por policiais chamado de “auto de resistência”

Nesta quinta-feira (03) o presidente Jair Bolsonaro afirmou que as mortes cometidas por policiais são prova da força de segurança e que eles estão apenas fazendo seu trabalho.

O presidente ainda defende que a legislação precisa ser mudada para que os profissionais não tenham medo de exercer sua função e serem julgados.

Jair afirmou também que há muito “ativismo” nos órgãos da Justiça e que procuram definir os auto de resistência como execuções.

“Queremos mudar a legislação para que a lei seja temida pelos marginais, não pelo cidadão de bem”, declara.

Sergio moro também disse que o “Brasil sem lei e sem justiça” está no fim, ao defender a aprovação do pacote do Congresso.

 

Veja também:

O nome de Lula para o Ministério da Educação

Lula teria uma novidade para a Educação, que pretende tornar uma das Pastas mais prestigiada de seu governo, se ganhar. Para o cargo seria...

O Brasil pode garantir o troféu na quinta-feira com um empate

Os jogos estão sendo realizados nos estádios Maktoum Bin Rashid Al Maktoum e Al Nasr.   A Dubai Cup Seniors está entregando o que prometeu, uma...

Ludmila Dayer é diagnosticada com esclerose múltipla

Ludmila Dayer, de 39 anos, revelou ter recebido o diagnóstico de esclerose múltipla. A atriz contou sobre a doença em uma live, na última...

Recentes