Assembleia de Deus em Marabá realiza festa junina e revolta fiéis

A Igreja Assembleia de Deus em Marabá (PA), liderada pelo pastor Sales Batista, permitiu a realização de uma “festa junina” no templo onde também é realizado os congressos, a Santa Ceia e outros eventos.

O mega templo foi construído com as ofertas e os dízimos dos fiéis. A informação é do portal Assembleianos de Valor.

De acordo com as informações, a ala mais conservadora da denominação está revoltada com a atitude do pastor. Vale destacar que a igreja não aceita cantores e pregadores de outros ministérios.

Em Campina Grande (PB), a Igreja Batista da Lagoinha também recebeu diversas críticas por realizar uma festa junina com direito a comidas típicas e apresentações de quadrilhas.

A palavra “junina” vem de “Juno”, uma deusa pagã, que a Igreja Católica adotou para João e adaptou para “joanina”. Essa deusa, na mitologia romana, é a esposa de Júpiter e rainha dos deuses. Danças/Quadrilha: As danças, por sua vez, têm origem nas coreografias pagãs para adorar deuses.

Veja também:

O nome de Lula para o Ministério da Educação

Lula teria uma novidade para a Educação, que pretende tornar uma das Pastas mais prestigiada de seu governo, se ganhar. Para o cargo seria...

O Brasil pode garantir o troféu na quinta-feira com um empate

Os jogos estão sendo realizados nos estádios Maktoum Bin Rashid Al Maktoum e Al Nasr.   A Dubai Cup Seniors está entregando o que prometeu, uma...

Ludmila Dayer é diagnosticada com esclerose múltipla

Ludmila Dayer, de 39 anos, revelou ter recebido o diagnóstico de esclerose múltipla. A atriz contou sobre a doença em uma live, na última...

Recentes