20 criminosos mais perigosos e procurados da Grande Vitória

O levantamento dos delegados que apontou os 20 criminosos mais perigosos e procurados da Grande Vitória é diferente da lista oficial dos 10 mais procurados divulgada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp).

Enquanto no levantamento dos delegados estão incluídos bandidos que praticam estelionatos como o procurado Luam Fernando Giuberti Marques, por exemplo, da lista da Sesp fazem parte somente criminosos que cometem assassinatos e tráfico. Segundo Rhaiana Bremenkamp, da Delegacia de Defraudações e Falsificações, crimes praticados por golpistas causam muito além de prejuízos materiais. “São criminosos que mexem com sentimentos, honra. Muitas vítimas têm depressão.

Há casos de vigaristas que chantageiam e ameaçam”, explicou. Na relação dos delegados estão incluídos criminosos perigosos que praticam assassinatos e exercem influência na inserção de adolescentes na vida do crime, como explicou o delegado adjunto da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes, Fabiano Rosa. “Eles se aproveitam do poder que têm na comunidade e atraem adolescentes para o crime que ficam na linha de frente obedecendo o comando do traficante. Os mandantes são perigosos e têm de ser presos”, contou. 

Já em relação à lista da Sesp, o subsecretário de Inteligência da secretaria, delegado José Monteiro Júnior afirmou que o perfil na lista é normalmente de homicidas e traficantes. “Analisamos o poder de comando que ele exerce no local de atuação, pois às vezes o acusado tem um mandado de prisão por tráfico, mas é mandante de mortes e outros crimes.

Priorizamos tirar esses de circulação”. Ele esclareceu que há casos pontuais na lista da Sesp como de Edgar Barreto Santos, que matou a ex-cunhada para se vingar da ex*noiva, mas não tem antecedentes c r i m i n a i s. “Tem casos em que a pessoa pode ter cometido um crime, mas de alguma forma ela transmite sensação de insegurança para a sociedade e, por isso, é inserida na lista”, explicou o subsecretário da Sesp. Fonte: http://www.ijsn.es.gov.br/ConteudoDigital/20160923_aj24954_violencia_criminalidade.pdf

Veja também:

Geração dos ventos torna-se aliada contra a crise de energia do País

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre de 2021 São...

Fonte eólica ganha confiança do mercado e torna-se aliada fundamental para o fornecimento energético do Brasil

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre de 2021 São...

Recentes